4 dicas para criar um vínculo forte entre Irmãos

4 dicas para criar um vínculo forte entre Irmãos

Considerando a família uma “equipe” pela quantidade que vivemos em casa e  que cada membro da família faz parte, seja por causa da pratica de esportes, divisão de responsabilidades ou brincadeiras entre irmãos.

Temos sempre que ensinar as crianças que, para que nossa família ser bem sucedida todos nós temos um papel importante a desempenhar. Apoiar um ao outro, lembrar que cada um tem um papel importante como parte da equipe, eliminar a rivalidade faz parte na criação do vinculo.

Então conheça  4 dicas para criar um vínculo forte entre Irmãos, e mostre a eles que sem cooperação as tarefas jamais serão concluídas.

Liderar pelo exemplo – As crianças aprendem melhor pelo exemplo e que começa com os pais. O ato de compartilhar entre si os cuidados com os filhos, tarefas domesticas, o interesse pela educação (tarefas escolares, saber como foi o dia dos filhos), dessa forma mostramos aos nossos filhos que apoiamos uma ao outro. Mesmo que um ausente mais do que o outro.

Anima los – incentivar os filhos por menor que tenha sido a ação ou conquista, parabenizá-lo é importante e gratificante para qualquer pessoa. De preferência para aproveitar momentos assim com a família reunida, mostre sempre a importância dessa união.

Incentivar a individualidade – cada filho é único e com diferentes talentos, cabe a nós pais incentivar cada um encontrar o seu próprio. Só porque alguém está cantando, não significa que o outro vá cantar também. Deixe cada um escolher, ao modo que eles possam se sobressair. Essa individualidade os diferencia um do outro e permite oportunidades de ver os outros brilhar.

Sempre juntos – tente sempre estar presente. Não se importe em ir à igreja, a um jogo, teatro, cinema, eventos escolares juntos. Claro que terá dias que isso não será possível, mas tenha certeza que com esforço vocês conseguirão ficar maior parte do tempo juntos e participando de tudo. Apoiando mutuamente, é assim que funciona uma equipe.

Como você cria vínculo entre seus filhos? Compartilhe conosco.