A espera e o fim dela

A espera e o fim dela

Um detalhe que pode mudar toda a vida da gente… É assim que estou me sentindo… Esperando uma resposta… Enquanto isso, tudo fica suspenso… Nem meus pés, estão alcançando o chão, já não sei mais se tenho chão…
Caminho sem volta… E se no fim, tudo der certo, vou ser grata até o último segundo da minha vida.
Seja com Deus quiser.
A mim só resta esperar… Infinito particular…
24h depois…
 
 
A espera e o fim dela... Um jardim para sorrir

A espera e o fim dela… Um jardim para sorrir

 
Acabou! Hoje acredito que existe luz no fim do túnel e vou ser grata até o último segundo da minha vida…
Eu sou uma pessoa que fica incomodada quando alguém muito próximo fica doente, fico inquieta, não sei lidar muito bem com esse sentimento, não sei sentir pena e fico muito mal quando percebo que quem está doente tem pena de sim próprio, fico injuriada, pois penso que seja qual for a situação não tem que se entregar, ao contrário, tem que lutar sempre e principalmente tentar afastar todos os pensamentos negativos. Quando percebo que está muito séria a situação fico apavorada pensando no desfecho que pode ter toda aquela história e me questiono tentando tirar lá do meu íntimo uma resposta, mas ela nunca está pronta…
Então aparecem os tais exames que podem revelar tudo, se está ou não com alguma coisa séria.
Meu medo tem um nome. Câncer… Isso me apavora e a espera de uma resposta para saber se existe a possibilidade desse palavrão fazer parte da minha vida me apavora mais ainda.
Graças a Deus não foi o caso e está tudo bem com meu marido. Agora posso respirar um tanto aliviada e voltar a ver a vida colorida, mas… Existe o outro lado da moeda… Tudo isso fez com que eu pensasse em todas as pessoas que estão doentes com enfermidades graves…  Queria muito fazer alguma coisa por alguém… Uma palavra de conforto… Hoje sei que se fosse comigo eu adoraria receber carinho de quem quer que fosse…
Nesses últimos dias, não tive vontade de nada! Mergulhei nos htmls da vida, mudei a cara do meu blog algumas dezenas de vezes… Tentei fazer alguma coisa para esquecer da minha preocupação, então quando Arthur dormia eu ficava aqui, mudando uma coisa ou outra para o tempo passar. Assisti alguns capítulos da minha novela preferida que estavam gravados, em apenas uma tarde… Tudo para não ficar pensando na minha aflição.
Quero muito agradecer as amigas que de certa forma perceberam que eu não estava legal e demonstraram carinho deixando recados no mural do meu face.
Muito obrigada!