Dinheiro – Imprevistos Acontecem

Dinheiro – Imprevistos Acontecem Ah! Se acontecem!

Ao menos uma vez ao ano acontece algum imprevisto de alto custo. Esse ano comigo, já aconteceram dois. Minha máquina de lavar queimou em uma tempestade de raios logo no início de janeiro (estava desligada). Custo cerca de R$ 800,00. Esses dias levei o carro para a revisão e descobri que o estepe, que fica sob o carro, mesmo com uma corrente protetora, fora roubado, dias antes (eu calibro o pneu do estepe com frequencia), o custo da revisão aumentou de R$ 500,00 para R$ 1600,00 por conta de roda/pneu/trava danificados.

Além da raiva e sensação de impotência pois são situações que não criei e não queria para mim, tive que desenbolsar uma quantia fora do programado.

A revisão, já está prevista no orçamento com despesas de veículo. Mas outros gastos impensáveis, não.

Como proceder?

Dinheiro - Imprevistos Acontecem

Infelizmente grande parte da população não se previne para essas ocasiões e recorre a empréstimos, que mesmo a juros baixos (dificilmente o são), te levam para longe de suas metas e objetivos, comprometendo meses que poderiam ser aproveitados com outras coisas.

Mas todos nós sabemos que imprevistos acontecem, então o ideal é separar uma quantia de seu orçamento para emergências, ou como costumo dizer, fundo de reserva.

O fundo de reserva é um dinheiro que deve estar em fácil acesso, alocado em poupança ou Tesouro Direto, pois tem um saque rápido (essa última opção é a mais adequada por conta da rentabilidade). Mês a mês é importante destinar uma parte da sua renda para esses tipos de situações. O ideal é ter um montante suficiente para cobrir as despesas de cerca de 6 meses de seu próprio salário, caso haja uma situação de desemprego ou uma emergência.

Nada mais é que um empréstimo que você faz a si mesmo quando precisa, e deve ser reposto o mais rápido possível.

O fundo de emergência serve como um bote salva vidas. O navio te levava com conforto e comodidade, mas o bote, mesmo apertadinho, garante a segurança na hora do aperto. Nessa hora, reestruturar o orçamento é fundamental para repor o dinheiro “emprestado”, porque em finanças, o raio geralmente cai no mesmo lugar mais de uma vez.

Dinheiro - Imprevistos Acontecem 2

Portanto, e em especial nesse momento delicado de nossa economia, preste atenção em seu fluxo de caixa (dinheiro que entra e sai), procure gastar ainda menos de forma a poder guardar para emergências. Forme seu fundo de reserva e passe a investir.

Não importa se você vai começar com poucos reais. O Tesouro Direto, por exemplo, permite aplicações a partir de R$ 30,00 com uma rentabilidade atraente, o importante é investir em seu bote salva vidas, pois fatalmente, cedo ou tarde, você precisará dele.