Equilibrar o ser mãe com o ser mulher

Equilibrar o ser mãe com o ser mulher

A maternidade é uma das melhores experiências na vida de uma mulher!

Mas também é uma das experiências mais difíceis!

Quando nos tornamos mães aprendemos uma infinidade de coisas…

 

Aprendemos a abdicar do nosso sono, dos banhos demorados, dos livros que líamos, do jantar romântico, da maquiagem, do cabelo impecável, das longas conversas com as amigas, sem se preocupar com o tempo…

Aprendemos que poder gerar uma vida, gerar um sorriso, gerar descobertas e aprendizados nos pequenos, recompensa qualquer esforço ou renuncia!

Mas há um momento que precisamos equilibrar o ser mãe com o ser mulher!

Eu costumo chamar este momento de “Retorno”!!

Sim, há um momento em que os nossos filhos já não são tão dependentes e precisamos fazer este Retorno! Este momento é importante para nós, para o nosso casamento e também para os filhos!

Neste momento temos a oportunidade de voltar a pensar: O que eu gosto mesmo de fazer? Que tipo de livros eu gostava? Como é sair no meio da tarde sem o filho e tomar um café com as amigas ou mesmo sozinha e curtir o silêncio?

É voltar a tomar banhos demorados, olhar para o nosso corpo e conseguir gostar dele, mesmo com as mudanças que a gestação trás, é cuidar melhor da nossa alimentação, voltar às consultas médicas, se permitir uma massagem relaxante… Se olhar no espelho e resgatar a mulher que existe dentro desta mãe!

É ter a chance de equilibrar o papel de mãe, com o papel de mulher, profissional, filha, amiga… E poder aproveitar as satisfações e alegrias que cada um destes papeis nos proporciona!

E você?  Já fez o seu retorno?

 

Vanessa Tomasini

Psicóloga Clinica há 15 anos.

Mãe do Dudu de dois anos e Idealizadora do Projeto #VcTemFomeDeQue  que busca reavaliar a relação das pessoas com a comida, suas compulsões e a utilização do alimento como única fonte de prazer.