Mulher x Mãe

Há quem diga que as duas coisas não se separam: só pode ser mãe quem é mulher e vice-versa. Mas quem tem filhos, sabe que a coisa não é bem assim…

MulherXMãe - Mães Brasileiras

MulherXMãe – Mães Brasileiras

Fonte da imagem: Google

Quando se tem um filho só, a rotina já muda completamente daquela de antes, onde se tem dia certo para manicure, cabelereiro, experimentar aquele tratamento novo de estética, enfim.. onde tudo andava numa maravilha! Com um filho, o tempo diminui consideravelmente para nós mesmas. Com dois, mais ainda… E se você for como eu, que além de gêmeas ainda tem um bebezão em casa, sabe que não é exagero quando dizemos que tem dia que mal temos tempo de tomar banho!!! Terrível, minha amiga, mas é a mais pura verdade…

Mas e aí? Como fazemos então? Assumimos nosso lado maternal e esquecemos o nosso lado mulher nisso tudo??? De jeito nenhum! Aliás, nem se quisessemos, pois temos uma sociedade exigente cobrando o nosso máximo o tempo todo. É ou não é?
Então minha amiga, nada de desânimo. É hora de otimizar o seu tempo e mais do que nunca, esse é o momento de trazer praticidade para a sua vida. Com alguns simples truques, você vai perceber que uma mulher feliz, é uma mãe melhor. E não custa nada, quer ver?

De manhã, antes de tirar a criançada da cama e cuidar da mamada do bebê, reserve 15 minutinhos do seu tempo só para você. Lave seu rosto e colo com produtos específicos para seu tipo de pele e, ao final, aplique um “BB Cream”. Além de hidratar e cuidar da sua pele, esse tipo de creme já tem cor e a deixará uniforme. Não exige esforço e já dá um “up” legal que você nem imagina!

Aproveite o pique e sensação de bem estar e passe um rímel e um blush. São só mais 5 minutinhos e prometo que você se sentirá outra após isso!
Uma outra dica é optar por cortes de cabelo e penteados fáceis e rápidos para que você não corra o risco de ao longo da semana, ficar sem tempo de cuidar da juba e ficar com um ar desleixado. Parece que é bobagem, mas um cabelo limpo e sedoso é mais da metade de qualquer produção. Portanto, se gosta de ter cabelão, mas não tem o menor tempo para ele, o melhor remédio é mesmo a tesoura. Escolha um corte moderno e mais prático e opte em ficar bonita todos os dias e não só nos dias que você tiver um “tempinho”…

Faça um esforço e cuide do modo de vestir-se no dia a dia, afinal, você não é só mãe, certo? Mesmo que não esteja trabalhando fora de casa, procure investir num look casual e bem aparentado. Aqui o truque é ter um guarda-roupa funcional, dinâmico e prático, onde você não tenha dificuldade de coordenar peças e acessórios para manter-se sempre apresentável e pronta às oportunidades no dia-a-dia. Afinal, o fato de você não estar no mercado de trabalho agora não quer dizer que não poderá voltar, certo? Fique sempre atenta e pronta às oportunidades. Uma apresentação impecável é sempre um excelente começo.

Além disso, minha querida, não esqueça: ter filhos é bom demais, mas eles nascem, crescem e vão para o mundo. Portanto, cuide bem de você. Para ser uma mãe feliz é importante equilibrar (e não esquecer) de todas as outras mulheres que há em você. Não deixe seus projetos, sua beleza e sua saúde de lado: reserve um tempo (mesmo que pouco) do seu dia para exercitar-se, cuidar-se, relaxar nem que seja num bom e longo banho no fim do dia. Afinal, ser mãe e viver cansada é aceitável, mas desmazelada, jamais!

Achei o post muito interessante e quero dividir com vocês.
E gostoso e saudável cuidar da beleza, seja numa maquiagem, cuidado com a pela, enfim um tempinho que dedicamos a nós mesmas, gastando pouco ou muito R$, o que importa é como nos sentimos e nossa auto-estima lá em cima.
É fato que nossa vida é corrida, exercemos múltiplos papeis e nos cobramos muito, por mais que muitas dizem: “faço conforme dá”  a prioridade são os filhos, senão tiver alguém com quem possa dividir as obrigações do lar, se torna super cansativo e desgastante. E precisamos nos sentir bem, desejadas e amadas.
Quem não gosta de um elogio não é?
Pequenos detalhes, mas que influenciam no nosso cotidiano.
E você, tem parado pra pensar um pouco mais na sua vaidade e auto-estima, depois do nascimento dos filhos?
Diga Cléo!!!
Créditos: Andreza Fazio