O melhor lugar para instalar o dispositivo de segurança é no assento central traseiro do carro com cinto de 3 pontos

O lugar mais seguro para transportar uma criança é no assento central do banco traseiro (por causa do risco de choques laterais), desde que ele tenha cinto de três pontos. Contudo, não há diferença significativa quanto ao risco entre o posicionamento da criança nos lados direito ou esquerdo desse banco.

A probabilidade de haver colisão lateral é de 31%, portanto o centro do banco traseiro é o melhor local para se acomodar a criança. Exceto se o cinto de segurança central for abdominal. (www.denatran.gov.br – acesse o link no fim do artigo)

Além de não receber maior impacto pela proximidade em que se encontra das portas, fica distante de vidros, travas, fechaduras e maçanetas.

O condutor terá, ainda, melhor controle visual da criança que ocupa esta posição por meio do retrovisor interno do veículo.

As posições laterais deverão ser utilizadas somente quando não se obtém fixação segura da cadeirinha na posição central do banco. Ou seja: quando a posição central não tem cinto de três pontos.

Utilize o local mais seguro do veículo: o banco de trás e na parte central, se houver cinto de 3 pontos. Se este tipo de cinto estiver presente somente nas laterais, instalte a cadeirinha em qualquer um dos lados.

Portanto, o melhor lugar para instalar o dispositivo de segurança para crianças está no centro do banco de trás (ou linha do meio, se você dirigir um SUV de três-fila).

Estudos recentes indicam que as crianças cujos dispositivos de segurança ( bebê conforto, a cadeirinha ou assento de elevação) são colocadas no banco traseiro central sofrem menos lesões do que os que viajam nos assentos laterais, porém, o cinto de segurança do banco traseiro central tem que ser de três pontos! NUNCA instale o bebê conforto ou cadeirinha, no banco traseiro central com cinto de duas pontos.

O Arthur já está no Grupo de massa III (22 kg a 36 kg) e a cadeirinha escolhida para essa fase foi a Ninna da Tutti Baby. Mais uma vez, minha escolha foi baseada em custo, qualidade e benefício. O modelo escolhido atualmente, garante o conforto e a segurança do meu garotinho. E como o nosso carro possui cinto de segurança de 3 pontos no banco central traseiro, a cadeirinha foi devidamente instalada. Particularmente, acho essa é melhor posição, não só pela segurança, mas pela praticidade e também porque para ele é bem mais agradável, já que pode ver tudo que acontece a sua frente e faz com que ele fique mais calmo, até porque ele participa melhor das nossas conversas. E para mim, é bem mais fácil para olhar e cuidar do meu pequeno.

dispositivo de segurança

É importante lembrar que nós usamos assentos de carro para manter as crianças seguras – e não apenas seguir a lei. Há muitas recomendações de segurança relativas a segurança do assento de carro da criança que vai além da lei, com o objetivo de manter as crianças o mais seguras possível.

O melhor lugar para instalar o dispositivo de segurança

Aqui estão algumas dicas para garantir maior segurança aos seus filhos em passeios ou viagens:

1. Desde o nascimento, em assento

Saiu da maternidade o bebê já deve ir para um bebê conforto devidamente instalado no carro. Nunca carregue seu bebê nos braços ou “Moisés”. A melhor opção é um sistema adequado de retenção para crianças (bebê conforto), colocado no banco de trás do veículo.

2. Escolha e instale a cadeira adequada para seu filho

A cadeirinha de segurança, deve ser escolhida de acordo com o peso e altura da criança, em vez de idade, e instalado no veículo perfeitamente, bem ajustado de modo que não se mova. O assento de segurança deve ser preso por um cinto de segurança de três pontos.

Em caso de dúvida:

Como escolher o dispositivo de segurança

Compreender para que serve o dispositivo de segurança não é difícil, o maior problema costuma ser a escolha do melhor equipamento de segurança para proteger a criança.

Grupo de Massa

É preciso prestar atenção em vários fatores, mas o principal é saber o “grupo de massa”. De acordo com o peso e a altura da criança, ela é classificada em 5 “grupos de massa”.

Adequação para a criança

grupo de massas conatran

3. Melhor posição

Para a segurança das crianças, recomenda-se levar as crianças na cadeira na direção oposta à marcha o maior tempo possível – até 4 anos de idade ou 18 kg – O banco traseiro central é a mais seguro.

ATENÇÃO!

Caso o carro não tenha cinto de três pontos na posição central do banco traseiro, o assento de segurança deve ser instalado nas posições do banco de trás onde ele seja encontrado.

4. O cinto

A partir de 135 centímetros de altura pode começar a usar o cinto de segurança , mas precisa ser três pontos e ter cuidado para que o cinto inferior passa por cima do quadril e a outra no ombro, nunca no pescoço. O cinto não deve estar torcido ou solto ou dobrado.

O melhor lugar para instalar o dispositivo de segurança

5 – O risco do AIRBAG FRONTAL

No Brasil, só em situações especiais é permitido o transporte de menores de 10 anos no banco da frente do veículo

Legislação

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (CON- TRAN), crianças devem ser trans- portadas no banco traseiro dos veículos até completarem 10 anos de idade e usar, individualmente, cinto de segurança ou sistema de retenção equivalente.

Há, porém, algumas exceções regulamentadas pelo CONTRAN:

• Nos veículos dotados exclusivamente de banco dianteiro, como picapes de cabine simples, a legislação permite que o transporte de menores de 10 anos seja realizado neste banco, observado, rigorosamente, o uso do cinto ou do sis- tema de segurança apropriado.

• Na hipótese de o transporte de menores de 10 anos exceder a capacidade de lotação do banco traseiro, a legislação brasileira admite o transporte daquele de maior estatura no banco dianteiro.

Importante: Transportar crianças em veículos automotores sem seguir as normas de segurança estabelecidas no Código de Trânsito Brasileiro é considerada uma infração gravíssima, com penalidade de multa e inclusão de pontos no prontuário da carteira de habilitação, além de o veículo ficar retido até que a criança seja acomodada corretamente.

Neste caso, uma atenção especial deve ser dada ao transporte de crianças em veículos dotados de airbag frontal para o passageiro.

A abertura da bolsa inflável deste dis-positivo pode causar ferimentos graves em crianças sentadas no banco da frente do veículo.

O airbag frontal é um equipamento de segurança desenvolvido para proteger adultos, e pode ser, em alguns casos, perigoso para as crianças.

Assim, os pais e os responsáveis devem ler as recomendações das montadoras sobre os airbags contidas nos manuais de instruções dos carros. Alguns automóveis, por exemplo, têm sistemas que desligam o airbag frontal do banco dianteiro do passageiro.

 

6. Seja um exemplo

O melhor exemplo para a criança é um comportamento apropriado dos adultos. Use sempre o cinto de segurança e certifique-se de seus filhos o veja. E nunca deixe objetos soltos na cabine pois podem se tornar projéteis perigosos.

O melhor lugar para instalar o dispositivo de segurança – Fonte:

http://www.denatran.gov.br/publicacoes/download/CARTILHA_PSA_CRIANCA.pdf  Página 23

Nota: O carro da foto é um Yunday (Santa Fé)  e o dispositivo de segurança infantil do meu filho Arthur é a cadeirinha modelo Ninna da Tutti Baby

Selo Atual

Selo Atual