Perfil das mães brasileiras

Pesquisa exclusiva de Baby Dove traça perfil das mães brasileiras

Estudo “Ouvindo Mães Reais” tem como objetivo compreender melhor as emoções, pressões e ansiedades que as mães sentem ao cuidar e educar seu bebê nos dias de hoje

O que faz uma mulher se sentir uma mãe perfeita? De fato, existem mães perfeitas? Partindo do conceito que não existem mães perfeitas, mas sim mães reais, a marca Baby Dove – linha desenvolvida especialmente para os bebês, realizou o estudo “Ouvindo Mães Reais”, que entrevistou mais de mil mães com crianças de até três anos de idade, para entender como elas lidam com as emoções, pressões e ansiedades da maternidade.

O resultado da pesquisa fornece provas contundentes de que a alegria inerente à maternidade está sendo ofuscada pelas pressões sofridas pelas mães no mundo moderno. Dentro desse contexto, Baby Dove apresenta sua missão em aumentar a autoconfiança das mães, para que elas confiem em seus instintos maternos e sejam mães da forma que acreditam ser a mais adequada para o seu bebê.

Entre as conclusões, a pesquisa aponta que 92% das mulheres afirmam que ser mãe é um dos momentos mais felizes de suas vidas, dando ênfase a transformação que a maternidade promove na vida da mulher. Porém, 86% admitem sentir a pressão de ser a mãe perfeita e 75% sentem-se incapazes de lidar com a situação algumas vezes.

Muitas mães sentem-se pressionadas a agirem de acordo com o que os outros dizem ser o melhor jeito de ser mãe; e isso as faz questionar suas próprias escolhas – 40% das mães brasileiras se sentem sobrecarregadas com a quantidade de informações e conselhos de familiares, enquanto 58% às vezes questionam as escolhas que fazem para seus filhos. Outra parcela de 72% questiona se o que estão fazendo como mãe é bom o suficiente.

O desafio de equalizar os inúmeros papéis desempenhados pela mulher moderna também é uma fonte de preocupação – 63% relatam sentirem-se culpadas por voltar ao trabalho. A aparência é outro fator levado em conta por 56% das mulheres que se veem fortemente pressionadas pela mídia e sociedade para recuperar a aparência física logo após o nascimento do bebê. A mesma parcela de mães (56%) sente que a aparência de seus filhos reflete é um reflexo da sua, tanto como mãe quanto como mulher.

Em contraponto a todas as dúvidas, anseios e questionamentos, a boa notícia é que a maioria das mães confia em suas habilidades e instinto materno (79%), e concorda que não existe um “jeito certo” de ser mãe – 85% delas sabem, instintivamente, o que é certo para o seu bebê.

logo-baby-dove-gold-logo

Sobre Dove

Dove chegou ao Brasil em 1992 e desde então trouxe inúmeras inovações ao mercado, como o famoso sabonete com ¼ de creme hidratante, antitranspirantes, loções hidratantes e produtos para cabelos em seu portfólio. A forte aceitação abriu a oportunidade para Dove ir além e se tornar a marca preferida e mais reconhecida em cuidados pessoais pelas consumidoras, com cinco milhões de fãs na Fanpage brasileira. Dove foi a primeira marca a questionar os estereótipos de beleza produzidos pela sociedade, com o lançamento da campanha pela “Real Beleza”, em 2004. Fruto de uma pesquisa mundial, o estudo investigou como as mulheres encaravam sua beleza e reagiam à pressão dos padrões estabelecidos pela mídia. A pesquisa foi revisitada e ampliada e os resultados evidenciaram que a autoestima feminina e a troca de experiências sobre esse tema são o norte para as novas ações da marca.

Conheça também o Canal Dove no Youtube.