Transição do berço para cama

Transição do berço para cama

O principal deles é lembrar que com a troca do berço para a cama, entra em cena o bebê andarilho. Ele terá conquistado a liberdade de ir e vir enquanto todos na casa estão dormindo e isso também tem sua dose de perigo.

É importante que a criança entenda o porquê da troca, caso contrário ela se sente insegura. A saída do berço pode tanto ser algo natural como sofrido para cada criança. O estímulo, a orientação e a conversa aberta, explicando os motivos da troca ajudam nesse caminho.

Quando o berço, ao invés de reter e proteger a criança e passa a ser um obstáculo a ser transposto’, é melhor ficar atento. Essas podem ser ótimas dicas de quando iniciar esse processo, a princípio, baixando as grades do berço e orientando essa criança sobre as formas adequadas e os riscos ao subir e descer, para não se machucar.

berço para cama

  • Mantenha as tomadas protegidas
  •  Se o bebê dorme com a porta do quarto aberta, verifique se as portas dos banheiros e cozinha estão fechadas (particularmente, sou contra deixar a porta fechada).
  •  Se há escadas em sua casa, instale portões de segurança e mantenha-os fechado durante a noite toda. Eles também podem ser colocados no corredor dos quartos para a sala em casas térreas ou apartamentos para restringir acesso à área comum, onde há mais situações de risco.
  •  Janelas e sacadas devem ter telas
  • Verifique se há armários soltos, especialmente os escaláveis.
  • Retire remédios, produtos de limpeza e objetos perigosos de locais acessíveis, lembre-se que ele já sabe arrastar e subir em cadeiras para conseguir o que quer.
  • Proteja portas com espumas ou borrachas para que não se fechem e prendam os dedos da criança.

E quais cuidados você tomou ao passar seu bebê para a caminha e acrescentaria mais alguma dica? Compartilhe

Imagens: GettyImages