Trinta e oito anos hoje!

(o bolo)

A tarde fomos à casa da queridíssima tia Mari onde havia um bolo esperando por mim.  Logo que vi o bolo, perguntei pelas velas e ouvi da tia o seguinte:
– As famosas velas do aniversário do dôdô.
Imediatamente quis saber a história, então contou-me que as ultimas 4 velas eram as que restaram das 50 que comemoraram o aniversário dele e agora ele está com 72 anos, ou seja, as velas existem há 22 anos! Achei fantástico e senti um privilégio enorme em te-las no meu bolo de 38…
Um pouco antes de acender as famosas velas o Arthur enfiou a mão no bolo rss… Eu disse um “não” com o susto e ele chorou, coitadinho… Me arrependo, mesmo sabendo que ele iria chorar na hora da cantoria e não deu outra, abriu o berreiro, fico pensando no dia dele rss… Ai, meus sais!
A mesa posta com capricho, bolo no centro e  meus olhos brilham ao ver uma peça linda! Uma chaleira de porcelana bem antiga, coisa mais linda, não resisti e fotografei. 
Ao soprar as velinhas fiz meu pedido como sempre… 

Então … Eu tenho 38 anos! Com marcas da idade presente nas mãos (mãos me chamam atenção) e alguns cabelos grisalhos que pouco aparecem pois os mantenho tingidos de loiro. Mantinha! A partir de agora não mais… Ficarão naturais por alguns anos. 
Eu estou ficando velha, mas realmente não me importo. Porque apesar de tudo ainda sou aquela menina animada com o bolo de aniversário. Eu ainda me sinto como uma princesa. E eu ainda acredito em desejos, acredito que, toda vez que eu apagar uma vela,  eu vou conseguir o que eu pedir, se eu pedir as coisas que eu realmente preciso. É como saber gerenciar suas expectativas, desejando as coisas certas. Mágica é complicado rss…
Tenho 3 filhos que amo imensamente! Cada um do seu jeitinho especial… Motivo de querer viver ainda mais, de querer mais e mais e sempre. Tenho um marido maravilhoso e pensamos em ter outro filho ou filha em breve.
Tenho muito planos, muitos sonhos (realizáveis). 
Por hoje, só quero ficar assim, de bem com a vida rss… Hoje sinto-me feliz e renascida.
OBRIGADA!

Vitória, Cláu, Nath, Gustavo e Miguel…