Você sabe explorar o paladar do seu filho?

Você sabe explorar o paladar do seu filho?

Paladar é algo extremamente individual, isso é verdade.

Mas algumas crianças chegam à idade adulta com um paladar infantil e muito restrito.

Não podemos esquecer que os responsáveis pela exploração do paladar das crianças, somos nós adultos.

Sim, iniciar uma criança na alimentação não é tarefa fácil!

É uma fase recheada de ansiedade, incertezas e medos dos pais e um momento muito novo para aquele bebê que até então só consumia o leite materno ou de fórmula. Leitinho gostoso… Docinho!

Não é por acaso que ao inserir os bebês na alimentação por volta dos seis meses iniciamos pelas frutas!

Afinal, até aquele momento o bebê só conhece o gosto doce do leite. Agora ele passará a conhecer o gosto doce das frutas: maçã, mamão, laranja lima, banana, pera, entre outras.

A maioria dos bebês aceita bem as frutas, mas o desafio começa com os alimentos salgados, afinal não é um paladar conhecido. E normalmente gera estranheza e até um pouco de repulsa para alguns bebês em um primeiro momento.

Você sabe explorar o paladar

Você sabe explorar o paladar

E a palavra de ordem neste momento é paciência.

Você sabe explorar o paladar do seu filho? Muita paciência com os pequenos, afinal eles estão saindo da zona de conforto (leite docinho) para adquirir o mundo pelo paladar, pelo resto de suas vidas!

Vão conhecer o salgado, amargo, cítrico, ácido, azedo… Vão conhecer a pluralidade dos sabores e texturas. Neste exato momento estamos colaborando para como será uma boa parte do paladar deste adulto.

O pediatra do meu filho costumava dizer:

“Você só pode dizer que um bebê ou criança não gosta de um determinado alimento após experimenta-lo por dez vezes consecutivas e de maneiras diferentes”

Afinal, paladar é algo extremamente adaptável! O gosto estranho de hoje, torna-se o gostoso de amanhã! Basta incentivar!

E isso vale para as crianças e os adultos. Não gosta de quiabo? Experimente várias vezes e com preparações diferentes. Pode ser que você não goste do paladar do quiabo cozido, mas goste assado!

Invista! Arrisque!

Aproveite este momento de descoberta de seu filho e também amplie seu paladar!

Crie um adulto com paladar amplo!

Vanessa TomasiniArtigo por Vanessa Tomasini , 38 anos, casada e mãe do Dudu de dois anos. Psicóloga Clinica há 15 anos, idealizadora do Projeto #VcTemFomeDeQue que busca reavaliar a relação das pessoas com a comida, suas compulsões e a utilização do alimento como única fonte de prazer.

Email: vanessatomasini@uol.com.br

Imagens: istockphoto