“Leia para uma criança”, Itaú lança “Live para uma criança”

Programa “Leia para uma Criança” celebra 10 anos

Leia para uma criança, Live para uma Criança

Em 2020, pensando em promover a leitura em um novo formato e criar um momento para reunir toda a família, o Itaú Unibanco lança o “Live para uma Criança”. A partir de 10 de outubro, todos os sábados do mês da criança, o público contará com uma sessão de leitura de um dos livros exclusivo da coleção digital. Também será uma oportunidade de ouvir dicas de especialistas em mediação de leitura para crianças.

Leia para uma criança, Live para uma Criança / credito reprodução Itaú

Leia para uma criança, Live para uma Criança

Cada livro irá abordar um tema relevante no momento: saúde, meio ambiente, empatia e educação. Os dois primeiros convidados já estão confirmados: o médico e escritor Drauzio Varella abre a sequência de lives no dia 10, com a leitura de “Superprotetores”, e a cantora Gaby Amarantos fará a leitura de “A flor que chegou primeiro”, no dia 17 de outubro.

 “Celebramos os 10 anos do Leia para uma Criança em um momento bastante desafiador. O isolamento social mudou a rotina de adultos e crianças em todo o país. Sensíveis a esse cenário, adaptamos nossa campanha para que, mais do que comunicar, pudéssemos criar um momento especial e transformador durante a quarentena”, explica o diretor de Marketing Institucional e Atacado do Itaú Unibanco, Eduardo Tracanella.

Leia para uma criança, Live para uma Criança

Na campanha concebida pela DPZ&T, o foco será 100% em ambiente digital, com filmes e conteúdo para rede sociais. A assinatura é “Quando você lê para uma criança, ela pode entender melhor o mundo e mudar o mundo para melhor”, mas agora com exemplos práticos deste conceito, trazidos pelo Live para uma Criança, em que assuntos da atualidade ganharam um olhar lúdico.  

Estante Digital

O programa Leia para uma Criança conta ainda com um acervo de 16 livros digitais e gratuitos, inclusive os que serão lidos nas lives. As obras também podem ser solicitadas no WhatsApp (pelo número 11 98151-1078). A iniciativa já distribuiu mais de 7,8 milhões de exemplares pelo aplicativo de mensagens. Importante destacar, porém, que não é recomendada a exposição de telas para crianças abaixo dos dois anos, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). 

Números do Leia para uma Criança – 10 anos

· 57 milhões de livros distribuídos

· 53,4 milhões de livros distribuídos para pessoas físicas

· 3,6 milhões de livros distribuídos para organizações da sociedade civil, bibliotecas comunitárias, escolas públicas escolas públicas e redes de ensino de municípios de alta e muito alta vulnerabilidade

· 7,8 milhões de livros digitais enviados pelo Whatsapp

· 26 títulos físicos disponibilizados · 16 livros digitais disponíveis na estante virtual em www.euleioparaumacrianca.com.br

Crédito/Reprodução: Itaú