Depoimento da Leitora: “poderia ser endometriose ou até câncer”

Depoimento da Leitora: ” podeira ser endometriose ou até câncer…”

Todos os dias recebo comentários – aqui no Mães Brasileiras – de leitoras que nos relatam histórias de suas vidas. Essas mensagens me comovem na maioria das vezes, pois são histórias de mães reais, mulheres… Agradeço imensamente cada mensagem que recebo diariamente, nem sempre consigo responder, mas reconheço o carinho de vocês ao compartilhar um pouco da vida comigo.

Como sei que esses relatos podem ajudar muitos outros leitores (as), começo, a partir de hoje, a publicar depoimentos aqui no Portal Mães Brasileiras, com autorização da pessoa que enviou o texto, claro. Espero que gostem e que possa ajudar de alguma forma.

(Se quiser sua história publicada aqui, escreva para contato@maesbrasileiras.com.br –  Assunto: Depoimento de Leitora – Seu novo será mantido em sigilo, caso não queira se identificar.)

Hoje o depoimento da leitora Aline: “poderia ser endometriose ou até câncer”

endometriose ou ate câncer

Boa noite,

Hoje vim contar um pouco da minha história e do que estou passando.

No mês de Julho de 2014, comecei a sentir algumas dores na região da lombar e do lado direito da barriga. Como tenho lombalgia, procurei meu medico ortopedista, para fazer fisioterapia e tomar as medicações.
Passado um mês do tratamento as dores não parava, só aumentava, tinha noites que passava em claro de dor. Ia ao médico e ele dizia que o processo era um pouco lento para as dores irem diminuindo.
No inicio de Setembro, as dores aumentaram muito na minha barriga, então começou a minha saga de pronto socorro, quase todos os dias tinha que ir para tomar medicação e fazer exames, e os exames não detectava nada. Os médicos me medicavam e mandava para casa, quando passava o efeito do remédio, as dores voltavam muito mais fortes. Voltava para o pronto socorro, tomava medicação e fazia exames, e nada apresentava nos exames.
Então no dia 16/09, a ginecologista que me atendeu, suspeitou de torção no ovário e disse que teria que fazer uma cirurgia, marcamos para o dia seguinte, tudo pronto. No dia 17/09, cheguei ao hospital e o médico que ia fazer a cirurgia olhou meus exames e disse que como eu sou nova e ainda não tenho filhos, ele não indicaria e que pelos sintomas eu estava com endometriose. Então ele me encaminhou para um medico que era especialista nessa área e que fazia a cirurgia por Video, para não comprometer todos os meus órgãos.
Ligamos para o médico e ele só podia me atender no dia seguinte, então fiquei 24 horas com muita dor, quase duas semanas sem dormir, e nenhuma medicação passava minha dor.
No dia 18/09, fui atendida pelo médico – excelente médico, ele disse que pelos exames e pelo exame de sangue CA125 que deu 111, poderia ser endometriose ou até câncer  mas que saberíamos realmente na cirugia. Então, ele fez o pedido para cirurgia pelo convênio da Unimed e pediu internação imediata, fui para o hospital, dei entrada na emergencia, enquanto isso minha mãe e sogra foram no convênio pedir liberação para cirurgia. Como meu convênio estava na carência, eles não liberaram, mas como era emergencia e com risco de vida, eles tinham que liberar, mas não liberaram, então o medico disse para minha mãe, que não sabia se iria aguentar muito devido as dores, então minha mãe e sogra decidiram pagar a cirurgia, não tendo nenhuma condição para fazê-lo, mais estávamos confiando em Deus, que Ele iria nos dar condições de cobrir com os custos. Fiz a cirurgia no dia 19/09/2014, o medico disse que mais algumas horas, se eu não tivesse feito a cirurgia teria morrido.  Durante a cirurgia, constaram endometriose gravíssima, na qual já haviam comprometido meus órgãos do lado direito, tiveram que retirar meu ovário e trompa direita, apêndice e tiram focos de endometriose do meu ureter, já estava quase próximo aos rins, e também tiraram focos do meu ovário e trompa esquerda. O médico só não tirou o ovário e trompa esquerda, para eu ainda ter alguma possibilidade de ter filhos.
Depois de 30 dias da cirurgia, tive meu retorno e o medico disse, que precisava engravidar, pois ainda tinha focos da endometriose no ovário e trompa esquerda. Ele me deu 6 meses para engravidar naturalmente, pois se as dores voltassem teria que fazer outra cirurgia, e teriam que tirar o ovário e trompa esquerdo e útero, não podendo ter mais filhos.
Na ultima quinta (19/03/2015) fui ao medico, pois as dores estao voltando e minha barriga esta muito inchada. Então, ele disse que se eu realmente quisesse ter filho, que não era para esperar mais e fazer uma fertilização in vitro o mais rápido possível.
Eu e meu esposo procuramos a clinica e o tratamento fica em R$ 14.500 muito caro pelas nossas condições atuais. Ontem minha família e do meu esposo nos reunimos para conversar buscar uma alternativa. Então decidimos que vamos fazer a fertilização, pois nosso sonho e ter filho e se a única alternativa e essa, vamos fazer.
Mas como não temos condições de arcar com todas as despesas, nossa família vai reunir e pagar uma parte do tratamento, e vamos fazer algumas ações para arrecadar dinheiro. Sei que
Deus esta no controle de tudo e dessa situação também.
Quero compartilhar com cada uma, este momento tão especial, delicado e desafiador.
Peço a cada uma que puder nos ajudar em orações agradecemos muito e que Deus abençoe.
Obrigada pela atenção.
Em breve mando mais notícias!

Bjos Aline