Hipoplasia de esmalte em criança – Não confunda com cárie!

Hipoplasia de esmalte

 

Os dentes possuem basicamente 3 camadas. A mais externa é chamada de esmalte dentário, a camada média é denominada dentina, e a interna: polpa dentária.
Durante a formação dos dentes (ainda não estão na cavidade oral) o esmalte, a camada mais externa, pode sofrer interferências no seu processo de mineralização, levando a defeitos visíveis a olho nu, denominados Hipoplasia de Esmalte.
Essas alterações na mineralização pode acontecer por fatores:
* ambientais (por exemplo uma queda em que o trauma no dente de leite pode ter afetado o dente permanente);
* sistêmico (por exemplo deficiência nutricional à época de formação dos dentes, ou mesmo excesso de flúor sistêmico);
* hereditários (fator genético herdado);

Hipoplasia de esmalte em criancaIsso porque os ameloblastos, células que formam esmalte, são altamente sensíveis aos fatores mencionados acima. Assim sendo, quando afetados podem formar no esmalte dos dentes regiões de opacidade, em apenas um ou em vários, atingir pequena área da superfície ou mesmo a sua totalidade. Enquanto à coloração da região pode ser branca, creme, amarelada ou castanha.

É comum confundirem essas lesões hipoplásicas com lesões de cáries.
O profissional competente será capaz de fazer o correto diagnóstico e indicar o tratamento mais indicado, que pode ser desde a higienização mais primorosa da região afetada até a instalação de facetas estéticas em casos de maior comprometimento.

Beijinhos sem cáries e sem hipoplasias

Dentista_de_criança

 

Dra.Thelma Parada
@dentistadecrianca
www.dentistadecrianca.com.br

 

 

 

Meus Dentinhos

Pinguinho de Gente

Meus dentinhos eu vou escovar
Escovar, escovar
Meus dentinhos eu vou escovar
E bem branquinhos vão ficar.

Eu vou passar a escovinha
Sai, sai, sujeirinha!
Prá cima e prá baixo, sem parar
E bem branquinhos vão ficar.

Meus dentinhos eu vou escovar
Escovar, escovar
Meus dentinhos eu vou escovar
E bem branquinhos vão ficar.

Eu vou passar a escovinha
Sai, sai, sujeirinha!
Prá cima e prá baixo, sem parar
E bem branquinhos vão ficar.