Absoluta consciência

Tento entender…Mas, não consigo. Pelo menos não agora. Porque algumas decisões na vida são tão difíceis de serem tomadas? É complicado aceitar riscos, jogar todas as fichas, correr atrás do que quer e acredita e depois viver o que se propôs sem medo, apenas viver.
É mesmo necessário tudo ser tão analisado, pesado, medido e ponderado? A vida não fica previsível e chata demais assim?
É mesmo necessário deixarmos o que sentimos de lado em função daquilo que é mais ‘racional’ ou conveniente, ou politicamente correto?
Há uma grande diferença entre a irresponsabilidade, e o desejo de seguir o que nos dita o coração! Só eu enxergo isso?
É bobagem ir sempre atrás do que nos faz bem, do que nos deixa mais felizes, do que nos dá prazer, e principalmente do que acreditamos? Ou certo mesmo é a segurança acima de tudo?
A cabeça está fundindo. E eu não consigo entender e nem aceitar.

Nasci mesmo de ponta-cabeça, toda do avesso. Leve demais, penso eu.