Cuidados com alimentação, higiene do bebê e outros

Cuidados com alimentação, higiene do bebê e outros
Cuidados com alimentação, higiene do bebê e outros

Eu estava pensando cá com meus botões… Eu adoraria ter amamentado o Arthur até sei lá quando no seio, mas não consegui com já escrevi aqui

Então, sempre leio que crianças amamentadas exclusivamente no seio até seis meses dificilmente ficarão doentes e tal… Até acredito.  Mas por outro lado, não posso dizer que criança que toma leite na mamadeira vai ser criança doente. Sabe porque? Arthur é muito saudável, a única febre que teve até hoje foi por causa de reação das vacinas… Então, mamães que assim como eu não conseguiram ou não puderam amamentar seja lá qual for o motivo não se atormentem.

Cuide da alimentação do seu bebê com cuidado, esterilizando as mamadeiras pelo menos até 12 meses de idade; Cuide da higiene dos utensílios das papinhas, tenha cuidado ao armazenar alimentos, escolha com atenção o que será servido e tente ao máximo dar tudo o mais natural possível. ( receitas de papinhas aqui)

Capriche nos sucos naturais de preferência sem açúcar e se precisar adoçar, faça com moderação e use de preferência açúcar mascavo ou cristal evitando usar açúcar refinado.

Não deixe o bebê ficar sem agasalho quando sair e estiver frio e/ou ventando e nem o agasalhe demais no calor. Evite ao máximo que ele coloque coisas sujas na boca, como chinelos, carteira, chaves do carro… A criança precisa ter contato com bactérias sim, para criar anticorpos, mas não precisamos também deixar que ela faça um banquete com as bactérias rss…

Se levar seu filho para praia ou piscina, fique atento e evite dar comida local, na dúvida é melhor dar papinha nestlé do que arriscar a oferecer ao bebê alimento de um restaurante desconhecido  e o mesmo vale para os sucos.

Todo cuidado com alimentos e bebidas é importante. “Bebidas e  alimentos contaminados por micróbios também podem produzir gastroenterite cujos sintomas incluem a perda de apetite, a náusea, o vômito, a diarreia de leve a intensa, a dor tipo cólica e o desconforto abdominal”.

Aqui, faço tudo isso e mais um pouco e tem dado certo. Mas é claro que, isso não é garantia de nada, cada caso é um caso rss…

Lembre-se: Amamente seu filho no mínimo até seis meses de idade no seio. O LEITE MATERNO  é o melhor alimento.



Beijos!