A Culpa é da mãe

A Culpa é da mãe

Não, não é!

Refletindo sobre essa tão famigerada “culpa” que muitas mães apresentam em seu DNA. Vamos ser objetivas:

  • Quando você esta na escola existe uma avaliação onde você sabe o que precisa melhorar para conseguir passar de ano. A matéria é dada e sua obrigação é estudar isso e ponto. Já doutorado, existe uma banca que diz se você está apta ou não.
  • Quando você trabalha existe um chefe que pontua onde você deve melhorar para se tornar um bom profissional. Ponto.
  • Quando você é MÃE… A coisa muda. Muitas pessoas falam que isso está certo, aquilo errado, que deve cozinhar assim, amamentar assim, dormir assim, que o filho tem que ir pra escola em tal data etc etc etc… Quem é mãe sabe do que estou dizendo.

Pois eu lhe digo!

Na “profissão mãe” não precisa ninguém para dizer onde você deve melhorar, ou se está fazendo o seu “trabalho direito”. E ponto final.

A Culpa é da mãe

As culpas:

– Algumas mães se culpam por trabalhar, outras se culpam por não trabalhar
– Se culpam por darem papinha industrializada, outras por não darem a orgânica.
– Umas se culpam por deixarem o pequeno na escola, outras se culpam por não darem conta da casa.
– Outras se sentem inferiores por um corte na barriga ou por não conseguir amamentar.

Pare de se culpar ( e de julgar) e perceba que a “CHEFE” é você. E você como mãe, sabe melhor do que ninguém o que é melhor para seu filho e família e se achar que deve mudar a forma de agir e cuidar do seu filho, isso é problema seu.

Para que sentir culpa se está fazendo o seu melhor trabalho? Viva a maternidade com suas flores e dores, porque é assim… Erramos, acertamos e ninguém tem nada haver com isso. Todos os dias aprendemos com nossos filhos, eles sim nos ensinam e muito.

Beijos nossos