Amamentação Desabafo! Senti culpa, chorei, fiquei triste… Agora, Basta!

Amamentação Desabafo!

Eu estou de saco cheio ler comentários e até mesmo matérias sobre amamentação exclusiva! Sabem por que? Toda vez que estou com Arthur e encontro alguém seja onde for a pergunta é quase sempre a mesma: Mama no peito??? NÃO!! EU DOU LEITE EM PÓ! (esse lance de leite artificial, parece que não é leite…) e logo em seguida percebo a cara de desgosto da “perguntadeira”. Caramba! Seu eu não amamentei só no peito até hoje, foi porque algum motivo eu tive e isso deveria ser respeitado. Pode ser?

Gente, lavar mamadeiras, esterilizar e tal cansa! Realmente é muito cansativo tudo isso… E depois dizem que quem não amamenta no peito é porque não quer… Agora fala sério, quem quer ter trabalho se pode fazer tudo facilmente como só amamentar no peito, que já vem tudo prontinho?

Não foi decisão minha

Eu não quis assim, eu não escolhi assim, precisou ser assim e pronto. Um dia não muito distante eu  também já critiquei e achei que só não amamentava quem não queria e que todas as mães tem leite e blá blá blá… (me arrependo).  Precisei descobrir que não tinha leite o suficiente para alimentar meu filho para eu entender e ser solidária com outras mães que também não dão leite materno para seus bebês, seja ele qual for o motivo.

A culpa

Senti culpa, chorei, fiquei triste, senti inveja de quem só amamenta no peito. Agora basta! Cansei! As pessoas são cruéis com alguns comentários, talvez sem perceber, mas são. Acho lindo mães amamentando, mas não precisam ‘esfregar os seios” na minha cara com se dissessem: Olha eu amamento e você dá mamadeira… SIM EU DOU MAMADEIRA! MEU FILHO É SAUDÁVEL é isso que importa no momento.

Amamentacao Desabafo

Amamentação Desabafo

Gostaria muito que tivesse sido diferente, mas não foi. Só eu sei o que sofri a dor que senti por não conseguir amamentar exclusivamente no peito.

Aprendizado

Já tomei uma decisão. Se eu tiver outro filho, ele já vai sair da maternidade tomando NAN! Mentira hahaha Vou dar peito enquanto eu conseguir,  vou buscar ajuda em bancos de leite, vou falar com consultara de amamentação, vou fazer de tudo! São não vou  passar pela pressão psicológica que passei de novo. Tenho consciência que jamais vou amamentar um filho por até seis meses, um ano,  só no peito, com também já sei que nunca terei um parto natural com sempre sonhei.

Nem toda mãe tem leite

Você mãe que amamenta seu filho exclusivamente no seio, saiba que existem mães que NÃO TEM LEITE O BASTANTE. Acredite! Existem aquelas que também sentem tanta dor e acabam se perdendo em um turbilhão de emoções… Afinal, amamentar pode ser muito bom, mas pode se tornar também um grande trauma na vida de uma mãe.

Pronto, eu precisava desabafar…

Amamentacao Desabafo Mães Brasileiras

Meu bebê dormindo tranquilamente, em uma tarde de verão. Depois de tomar complemento na mamadeira – Amamentação Desabafo

 

Update: Setembro de 2017 – Amamentação Desabafo

Se você está passando pelo mesmo que passei, tente mais um pouco!

Apesar do que dizem, amamentar não é tão fácil assim e você não é obrigada a nascer sabendo. Muitas mulheres passam por dificuldades no começo, meio e fim do período de aleitamento e algumas , como eu, nunca conseguem, por uma série de motivos diferentes. O primeiro passo é ter calma e tentar descobrir o que está causando o problema.

Entre em contato com uma instituição. Existem vários locais que prestam assistência a mães que estejam com dificuldade de amamentar, tanto por meio de atendimentos e consultas de orientação prática quanto através de grupos de apoio voluntários. Veja abaixo uma lista com alguns lugares que oferecem esses serviços. Ligue, mande um e-mail, marque um horário. Não tenha vergonha de pedir ajuda.

AMS BRASIL – Canal de apoio à amamentação fundado por Simone Tenório e maior grupo de aleitamento materno solidário no Facebook

Casa CURUMIN – São Paulo

GAMA – Grupo de Apoio à Maternidade Ativa  – São Paulo

Companhia da Mama – Salvador

Amamenta – Consultório de Aleitamento Materno – Porto Alegre

Casa Moara – São Paulo

Grupo Samaúma – Campinas

Aleitamento.com – Rio de Janeiro

Matrice – Ação de Apoio à Amamentação – São Paulo

La Leche League – Maceió

Você pode também procurar um Banco de Leite. Em caso de qualquer dificuldade no aleitamento, as mulheres podem contar com uma rede de atendimento dos bancos de leite humano, distribuídos por todo o país, que auxiliam com orientações de profissionais da área médica.

Beijos para todas as mães brasileiras!

Te convido a ler também:

Querida mãe que tentou amamentar e pensa que falhou…

Amamentação Desabafo

PS: Em resposta a leitora Val Mendes:

Val, não estou ofendendo as mães que amamentam, muito pelo contrário admiro. Quando eu usei a expressão “esfregar os seios” foi só maneira de dizer e isso não inclui todas as mães “amamentantes” do mundo. Eu falo daquelas que eu tive a pouca sorte de encontrar e que ao saberem que eu não dava peito fizeram cara de nojo, desdenho como se eu fosse a pior mãe do mundo por isso.  Sei também que quem amamenta só no peito também sofre  preconceitos e quase sempre são questionadas sobre a escolha que fizeram.

O desabafo é meu, estou no meu lugar, no meu blog, no meu canto e nunca, JAMAIS fui ao blog de quem quer que seja criticar uma mãe que amamenta, muito pelo contrário, sempre elogiei.

Usei meu blog para desabafar ninguém é obrigado a aceitar ou concordar.

Amamentação Desabafo

Aliás, concordo quando você disse que um dia eu também festejei meu momento “amamentante”. Mas, entenda,  precisei passar pela frustração de não ter mais leite para entender o próximo e agradeço muito a Deus por isso, só assim pude ver o quanto fui arrogante em determinados momentos, assim como você foi comigo agora. Finalizo dizendo que só quem já passou por isso ou já teve alguém próximo nessa situação é que acreditam de verdade que nem toda mulher consegue produzir muito leite. Sabe, você deve ser uma mãe leiteira das boas mesmo e fico muito feliz por isso, mas o que te sobra de leite te falta na educação.

Fique bem também!